Search
  • Endossa/Bsb

#QuemFezMinhasRoupas: fazendo da moda uma força para o bem

O Fashion Revolution é um movimento internacional presente em mais de 100 países que questiona como a indústria da moda afeta a nossa vida, e busca transformações positivas no mercado fashion

Por Beatriz Zendersky




Babe, você já parou para pensar sobre quem faz suas roupas? Como surgiram, foram produzidas e como afetaram as pessoas e o meio ambiente? Esse é o objetivo do Fashion Revolution – um movimento internacional que busca aumentar a conscientização do real custo da moda e o impacto que ela causa no planeta.


A compra é apenas o último passo de uma longa jornada que pode envolver até centenas de pessoas (imagina quanta gente está por trás das marcas globais?), por isso o Fash Rev (para os íntimos) busca estimular o debate sobre todas as outras questões da cadeia produtiva, encontrar soluções sustentáveis, criar conexões e exigir transparência da indústria.

A ação envolve um grande desafio que é romper atuais conceitos e ideias e criar uma nova, e melhor, realidade. Na edição desse ano, temos três tópicos principais: mudanças políticas, culturais e indústria.


Políticos e sociais: ter um maior olhar sobre a cadeia produtiva, sobre os direitos dos trabalhadores e de todas as pessoas envolvidas nos processos, e os direitos da natureza;

Culturais: criar um novo pensamento de consumo, conscientizando a população sobre o que está por trás de cada roupa, e estimular outras práticas, como trocas e aluguéis;

Indústria: repensar as relações humanas e relações com o meio ambiente, de uma forma que não explore e não prejudique nenhum dos envolvidos, sendo mais digna e justa.


Nesse ano, a semana Fashion Revolution acontece entre os dias 22 e 28 de abril, em mais de 40 cidades do Brasil e em mais de 100 países pelo mundo! Nesse período acontecem vááriosh eventos como ações, debates, rodas de conversa, palestras, exibições de filmes e workshops para debater e refletir sobre proteção ambiental, igualdade de gênero, entre outros assuntos.


#QuemFezMinhasRoupas


A campanha #QuemFezMinhasRoupas tem a intenção de mostrar para o consumidor final como realmente funciona a cadeia produtiva de uma simples peça de roupa (pode até ser só um par de meias) em todas as fases que vão desde o processo do cultivo da matéria prima, até o consumo. Dessa forma, podemos reconhecer o real valor da etiqueta e de tudo que está por trás daquilo que vestimos.


Então, devemos nos perguntar: quem fez minhas roupas? A gente sabe que toda produção, seja em larga ou pequena escala, afeta o meio ambiente e as pessoas que produziram. Cabe a nós escolher a melhor forma, mais responsável e consciente de consumo.


Antes de fazer alguma compra, bora pensar em alternativas? Podemos alugar, fazer uma troca, pegar emprestado ou reformar e transformar algo que já temos? Se não tiver como, beleza, então bora comprar um novo! Mas levando em consideração a qualidade, durabilidade, preço, e claro, a origem e produção de cada peça.


O Fashion Revolution nos leva a refletir sobre quem faz nossas roupas, e essa reflexão é essencial antes de uma nova compra. Não só quem fez, mas como fez, com quais impactos e em qual cadeia produtiva.


Juntxs somos mais fortes!


Como surgiu


No dia 24 de abril de 2013 o mundo da moda foi marcado por uma tragédia: o desabamento do edifício Rana Plaza, em Bangladesh, que causou a morte de mais de mil trabalhadores da indústria de confecção e deixou mais de 2500 pessoas gravemente feridas. O prédio abrigava confecções têxteis, e as vítimas trabalhavam para marcas globais, e em condições análogas à escravidão. (É f*** ainda ter que falar isso, mas NÃO COMPREM DE MARCAS ACUSADAS DE USAR TRABALHO ESCRAVO!)


Esse desastre fez com que a gente começasse a refletir sobre o modelo fast fashion, e sobre quem está por trás dos produtos que compramos e usamos todos os dias. Com esse contexto (Quais as condições de trabalho dos funcionários? São condições dignas? Como a produção afeta o meio ambiente?), surgiu o nosso kiridinho Fashion Revolution.


Quero participar, comofas?


Bom, é fácil: se liga na programação de Brasília no https://www.facebook.com/events/2247264958870229/ , ou na programação nacional pelo site https://www.fashionrevolution.org/south-america/brazil/, e se joga!


Para participar da campanha nas redes sociais é só fazer uma selfie com a etiqueta da marca que está vestindo e pergunte na legenda: @nomedamarca #QuemFezMinhasRoupas #FashionRevolution. Aproveita e marca a @endossabsb, que a gente quer ver também! Bora fazer parte da revolução!


Nós da #EndossaBsb acreditamos que é possível fazer um novo movimento da moda, muito mais inclusivo, sustentável e positivo! Lembrando que nós apoiamos QUEM FAZ e apoiamos as marcas independentes!

Vamos juntxs?

0 views
 

Endossa/Bsb
Asa Sul: CLS 306 Bloco A, Loja 30
Asa Norte: CLN 310 Bloco C, Loja 20

Brasília DF Brasil 

©2017 by Endossa / BsB. Proudly created with Wix.com